top of page
新バナー取り出し.008.png

「世間 - Seken」(Sociedade)

Atualizado: 18 de nov. de 2021





No blog desta semana, abordaremos sobre o sentido de “sociedade” segundo a visão dos japoneses.

Na língua japonesa atual, existem duas palavras diferentes com o mesmo sentido: 「人間 - Ninguen」(com o sentido de “caráter” ou “indivíduo”) e 「人 - hito」(o indivíduo/pessoa). Porém, originalmente a palavra 「人間 era lida como “jin kan”」(a relação de um ser com o outro). No chinês moderno, entende-se 「人間 - ningen」 semelhante a 「世間 - seken」com o sentido de “indivíduo inserido do mundo” e não como em japonês 「人 - hito」(o indivíduo/pessoa).

A pergunta é “por que a palavra 「人間 - ningen」(caráter) e 「人 - hito」(pessoa/indivíduo) passaram a ser utilizadas com o mesmo contexto?”.


O filósofo japonês Tetsurou Watsuji explica em seu livro『人間の学としての倫理学』”- O estudo do ser humano como moral filosófica -“, que a natureza do ser humano é criada a partir do momento em que o indivíduo passa a relacionar-se com outros indivíduos.

E esta personalidade gerada é responsável por criar e completar a existencia da sociedade. O autor explica também que a palavra「人間 - ningen」(caráter) origina-se da relação entre os indivíduos, expressa por 「人 - hito」(indivíduo) +「人 - hito 」(indivíduo)=「人間 - ningen」(caráter/ser humano).


世間(Seken) traduzido também como “sociedade” não se trata-se apenas do significado de locais ou pessoas das quais podemos apontar no dia a dia pela rua, mas sim, deste conjunto macro de pessoas das quais convivemos e que estão ausentes do ciclo familiar, como pessoas do trabalho, escola, etc; segundo a visão nipônica.


Sekken” trata-se então de todas as pessoas que não pertencem ao vínculo familiar "uchi"(como vimos no blog anterior – corresponde ao nível social “interno”, ou seja familiar).

Entre os japoneses por exemplo, quando ocorre algum tipo de acontecimento,

habitualmente se ouve dizer:

「世間に顔向け出来ない

Seken ni kao muke dekinai

(Com isso não conseguirei dar as caras na sociedade!)


「世間に笑われる」

(Isso será motivo de chacotas dentro da sociedade)


Nestes exemplos, “seken” expressa o sentido de pessoas que nos rodeiam com exceção da nossa família ou de pessoas próximas que pertençam ao nosso grupo social “interno” e “íntimo”.

Nos noticiários sobre política e sociedade, é comumente utilizado os termos como:

「世間の声 - Seken no koe

(a voz da sociedade) ou ainda,

「世間が許さない - Seken ga yurusanai

(Não é perdoado pela sociedade).


Aqui, “seken” representa a população japonesa ou a sociedade japonesa.


「そんな行動は、家族は認めても、世間が許さないだろう。」

(Sonna koudou wa, kazoku wa mitometemo, seken ga yurusanai darou.)

“Este ato pode ser aceito pelos familiares, mas jamais será perdoado pela sociedade!)


「大学生にもなって、どんな世間知らずなことを言うと笑われる。」

(Daigakusei ni mo natte, donna seken shirazu na koto wo iu to warawareru)

“Mesmo tornando-se um universitário, será motivo de risos caso decida ser um zé ninguém”.


「世間知らず- seken shirazu」 (sem saber de nada da vida dentro sociedade) expressa um tom crítico daquele indivíduo que vive dentro da sociedade sem saber das regras e costumes.

Para os japoneses o fato de alguém se portar nestas condições, significa que não teve cuidados em sua criação ou ainda, foi mal disciplinado pelos pais.


Os japoneses dizem que tudo que está por trás da sociedade, trata-se do Uchi (nossa família, parentes e íntimos), o que podemos afirmar então, que o oposto de “seken” será considerado como “uchi”.


「渡る世間は鬼はなし」

(Wataru seken wa oni wa nashi)

“Não existem só pessoas ruins no mundo. “


「世間の風は冷たい」

(Seken no kaze wa tsumetai)

“Embora dentro do lar seja caloroso e confortável, lá fora o mundo é rígido. “


「世間に顔向けができない」

(Seken ni kao muke ga dekinai)

“Com isso não conseguirei dar as caras na sociedade! “

O fato de ter feito algo mal e não conseguir encarar a sociedade.


Estes foram alguns simples exemplos de como os japoneses encaram seu próprio lar e a si mesmos dentro da sociedade japonesa.

Nas expressões apresentadas a seguir, notamos duas palavras bases: 「家- Ie」(o lar) e「親 - Oya」(os pais), das quais dizem respeito à base da consciência social de cada indivíduo, do “lar moldado pela sociedade” ou do “lar observado pela sociedade”.


「家名に傷がつく」

(Kamei ni kizu ga tsuku)

“Marcar o nome da família”

Um único membro da família pode sujar toda a honra do nome da mesma.


親の顔に泥ぼを塗る

(Oya no kao ni dorobo wo nuru.)

“Pintar o ladrão no rosto dos pais”

Utilizado quando as crianças fazem algo de errado e sujam a honra de seus pais.


Podemos dizer que nos dias atuais o sentido de “lar” perdeu muita força comparado nos tempos antigos. No entanto, dentro das ações dos japoneses em seu dia-a-dia, ainda pode-se notar uma forte a presença da consciência sobre “lar” e “sociedade”.

Esta iniciativa de tentar expressar o sentimento dos japoneses, originou-se das dúvidas que tinha sobre a cultura. Hoje estando e sendo um membro da sociedade japonesa, passei a entender um pouco mais sobre seus sentimentos graças ao livro:

『日本人の心が分かる日本語』 (Entendendo a mente dos japoneses com a língua japonesa) escrito por Rokurou Morita e publicado pela Editora Ask, do qual descidi traduzir para o português.


Espero que tenham gostado e entendido um pouquinho mais a visão dos japoneses sobre sua sociedade. E creio que como consegui superar muitos obstáculos ao entender com detalhes sua cultura, vocês poderão superar e vencer também sem precisar julgar antes de entender o coração dos japoneses.


Se gostou e sentiu que útil para seu conhecimento, compartilhe isto com amigos e conhecidos.

Um forte abraço a todos.


Luiz Martines

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page