top of page
新バナー取り出し.008.png

内と外」(Níveis de linguagem da língua japonesa)

Atualizado: 18 de nov. de 2021


Se você tem algum conhecido japonês, alguma vez na sua vida deve ter feito as seguintes perguntas: “por que não consigo me relacionar com os japoneses como com os brasileiros ou outros estrangeiros”; “o que será que há de errado comigo? “.

Pois é.... para este tipo de pergunta temos que dar uma voltinha pelas raízes da cultura japonesa para entender um pouco mais de seus sentimentos antes de começar a descriminá-los ou imaginar qualquer coisa sobre nossa própria pessoa.

Existe na cultura japonesa uma palavrinha que se diz「内と外」(Uchi to Soto) é uma palavrinha composta por duas palavras:


「Uchi」(interno) + 「Soto」(externo)


Primeiramente, temos o “Interno” que diz respeito a algo que está dentro ou ainda, algo “familiar”. O que estiver do lado de fora, ou seja, “o externo” terá o sentido de “sociedade”.

Para os japoneses, o primeiro ambiente com que o indivíduo tem contato é “sua própria casa”, em japonês se diz: 「内」(Uchi).


Logo que cresce, ingressa na escola e na sociedade e pouco a pouco se sente integrado e íntimo ao ponto de ter a plena consciência de que o ambiente em que vive o acolhe como sua própria casa ou tribo.

Por isso, os japoneses utilizam expressões como:


「内の学校」(Uchi no gakkou – “minha escola”),

「内の会社」(Uchi no kaisha – “a empresa em que trabalho”), etc.


Assim sendo, tudo que está fora da circunferência do indivíduo 「うち」(Uchi-“dentro”)é considerado 「外」(Soto – “fora”) ou ainda podemos encontrar a leitura de「外」como (Yoso –“fora”).

Com está simples explicação, podemos entender o porque de várias situações do cotidiano dos japoneses.

Quando uma criança, por exemplo, chega em sua casa e diz para sua mãe “Meu amiguinho ganhou um game novo! Eu também quero! “, sua mãe com certeza lhe responderá:


「よそは よそ、うちは うち! 我慢しなさい!」

(Yoso wa yoso, uchi wa uchi! Gaman shinasai! –“Fora é fora, dentro é dentro! Aceite sua situação!).


Mesmo na idade adulta, os japoneses utilizam este conceito naturalmente em variadas situações do cotidiano como dentro de sua empresa.


「うちの会社の人」

(Uchino kaisha no hito – “uma pessoa do meu serviço[relativo a quem está dentro]”) ou ainda,


「よそのチームの人」

(Yoso no chi-mu no hito –“O integrante do outro time[time de fora]”)


Podemos concluir que 「うちよそ」(Uchi Yoso) ocorre de acordo com a mudança de área da qual o indivíduo pertence.

Este é um dos motivos pelos quais os japoneses sofrem quando se mudam de residência, serviço, etc.

Você que agora está lendo este texto, pode ter pensado na seguinte questão “…nossa, e eu que acabei caindo de paraquedas nestas terras, será que ainda tenho chances de conquistar a confiança ou carinho de algum japonês e ainda ser aceito pela sua sociedade? “.

Resposta: SIM!!!!!


Por experiência própria, posso dizer que poderá conquistar tudo isso e muito mais estando nas terras nipônicas. Tudo dependerá de sua conduta para com os costumes dos nativos. Percebi todos estes anos que ser um brasileiro em terras japonesas não é fácil, mas, quando nos adaptamos aos seus costumes e respeitamos suas ideologias com um gesto nipônico, ganhamos seu respeito e um lugarzinho junto de sua sociedade.

Lembremos de dizer também sobre o tempo. Ganhar confiabilidade de um japonês requer tempo e paciência!

De certa forma poderá ser difícil conquistar 200 amigos japoneses no facebook no prazo de alguns anos, porém, se conseguir no mínimo dois amigos, entenderá o que é ter amigos de verdade!

Para finalizar, não posso deixar de relacionar esta ideologia cultural com a língua japonesa.

Estando no Japão aprendi a importância de estudarmos o japonês de forma adequada. Infelizmente esta questão não é abordada corretamente em muitos livros didáticos de língua japonesa.

Para iniciar este assunto teremos que discernir um ponto muito importante, no diz respeito a “forma culta da fala” e “diferença dos níveis de linguagem”.

Na maioria dos livros, a “diferença dos níveis de linguagem” é apresentada como “forma culta da língua”, o que é um grande erro.

Existe um grande mito entre os estudantes de japonês do qual aborda a forma polida como “frescura de japonês”, no entanto, não se engane com isso.

Aqui no Japão, saber falar japonês e não saber discernir os níveis de linguagem significa: “não saber nada de japonês”!

Para cada grupo dentro da sociedade japonesa existe uma forma adequada de se dizer, da qual os nativos utilizam inconscientemente.


Esta matéria chamaremos resumidamente de 「うち・よそ」(Uchi・Yoso – “linguagem interna e externa”)

A língua japonesa é dividida na verdade por 4 níveis de linguagem:


NÍVEL INTERNO DE LINGUAGEM

NÍVEL SOCIAL DE LINGUAGEM

NÍVEL NEUTRO DE LINGUAGEM

NÍVEL EXTERNO DE LINGUAGEM



Voltarei a abordar sobre este assunto com maiores detalhes futuramente, aguardem!

Obrigado pela sua companhia.


では また! ( Dewa mata!-“Até a próxima!”)


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page