top of page
新バナー取り出し.008.png

恥 (Vergonha)

Atualizado: 18 de nov. de 2021





Aqui estamos novamente em nosso primeiro blog de 2017 com o tema “Vergonha”.

Saiba um pouco mais de como os japoneses interpretam e expressam um ato vergonhoso.

Basicamente cada indivíduo vive dentro da sociedade na qual é pertencente e porta uma função dentro de um determinado espaço estabelecido. Ainda, dizemos que este indivíduo vive à sua maneira tendo ciência de que está sendo avaliado pela sua sociedade 「世間-Seken」constantemente.

Por isso, quando fracassamos em algo, ou alguém reconhece nossas falhas, ou ainda cometemos uma falha, perdemos pontos do espaço onde pertencemos. Assim sendo, o fato de sentirmos o próprio orgulho ou honra ferida, utiliza-se o termo:


「恥ずかしい - Hazukashii」(Vergonha).


Expressões como 「格好がつかない - Kakko ga tsukanai」(Não ser bem visto);「世間体が悪い-Sekentai ga warui」(Não ser respeitado); 「面目がない- Menboku ga nai」(Não ter face)ou ainda「面子がつぶれる - Mentsu ga tsubureru」(Face quebrada); expressam o sentido sobre “a vergonha de ser desvalorizado perante a sociedade. Neste caso, utiliza-se a expressão「恥を掻く= Haji wo kaku」(Deixou vazar sua vergonha).


Observe os exemplos a seguir:


Ex 1: 「彼女を食事に誘うわったのに、財布を忘れて恥をかいた。

Kanojo wo shokuji ni sasowaretano ni, saifu wi wasurete haji wo kaita」

(Apesar de ter convidado a garota para comer, esqueceu sua carteira...

Deixou vazar sua vergonha!)


No exemplo 1, é evidente que esquecer a carteira trata-se de um ato vergonhoso, porém,

「恥をかいた - Haji wo kaita」tem o sentido de “o fato ter de esquecer a carteira, da loja e da garota ter sido exposto”, o que julga ser o agente da ação um “sujeito desagradável. Assim, pode ser dito também em japonês - 「恥ずかしい - Hazukashii」(Vergonhoso).


Concluímos que a expressão 「恥ずかしい - Hazukashii」porta o sentido que é principalmente utilizado em situações que expressam algo “vergonhoso” em questão ao “ponto de vista pessoal do agente”, enquanto que 「恥を掻く- Haji wo kaku」é utilizado de forma mais objetiva sobre o ponto de vista “de quem soube do ato vergonhoso”.

Por exemplo, quando caímos em algum lugar e notamos que não fomos vistos, pode ser utilizado expressões para julgar o próprio ato como:


「こんなところで転ぶなんて、ちょっとはずかしい

Konna tokoro de korobu nante, chotto hazukashii」

(Cair em um lugar desses…é uma vergonha)


Neste caso não pode ser utilizado「Haji wo kaku」.

「恥 - Haji」pode se dizer que é mais utilizado de forma externa do que interna (pessoal). Origina-se da consciência moral, dos valores da sociedade ou do modo com o qual as pessoas da sociedade encaram um determinado ato.

Os japoneses vivem com a forte consciência de como estão sendo refletidos ou julgados aos olhos dos outros. Por esse motivo, o senso de「恥-haji」(Vergonha) está fortemente presente em seu dia-a-dia.

Ao contrário disso, aquele que não se preocupa com o ponto de vista dos outros e pratica ações inadequadas, é censurado com o termo 「恥知らず-Hajishirazu」(Sujeito que não conhece a vergonha).


Ex 2:


「お金のために友達を裏切るなんて、君はなんとういう恥知らずな人間だ-

Okane no tame ni tomodachi wo uragiru nante, kimi wa nan to iu hajishirazu na ningen da」

(Que tipo de ser humano é você que trai seu amigo por dinheiro. Não conhece o que é vergonha…)


「恥を知る-haji wo shiru」(Ter ciência da vergonha), trata-se da expressão utilizado pelo indivíduo que leva a sério sua vida dentro da sociedade, além de considerar de extrema importância o “sentido da vergonha”. Já o oposto, é chamado de 「恥を知らずHajishirazu」. Neste caso, para expressar de forma branda, utiliza-se o termo:「みっともない-Mitomonai」(Indecente) ou ainda「見苦しい-Migurushii」(Desagradável aos olhos).


Ex 3:

「そんな汚れた服を着て、みっともないから、すぐ脱ぎなさい

Sonna yogoreta fuku wo kite, mittomonai kara, sugu nuginasai」

(Esta roupa esta suja, o que é indecente, tire-a já!)


No exemplo 3, trata-se de uma expressão muito utilizada pelos pais quando advertem seus filhos. O fato dos pais advertirem, não se trata do sentimento pessoal de repúdio sobre o fato da roupa estar suja, mas sim, da vergonha que sentirá diante dos olhos da sociedade.


O antropólogo culturalista Ruph Benedict, dentro de seu livro 「菊と刀- Kitu to katana」

(O crisântemo e a espada) retratou os japoneses como seres que agem de acordo com a sua “vergonha”, o que representa seu “padrão de valor”. O escritor ainda nomeio os japoneses como o povo que possui a 「恥の文化-Haji no bunka- (Cultura da vergonha) ou ainda, conhecido como “Shame culture”.


Se gostou e sentiu que foi útil para seu conhecimento, compartilhe isto com amigos e conhecidos.


Nos encontramos no próximo blog.

Yoroshiku Onegai Shimas.

Um forte abraço a todos.


Luiz Martines


Trechos traduzidos do livro:『日本人の心が分かる日本語』 (Entendendo a mente dos japoneses através da língua japonesa), escrito por Rokurou Morita e publicado pela Editora Ask.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page